Clínica da Alma: as marcas da rejeição

“Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos”.

“Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum”.

(Isaías 53:2,3)

Veja também:
• Clínica da Alma: o veneno que mata
Clínica da Alma: o orgulho e a humildade

Assista ao Clínica da Alma: