90% de saladas prontas para consumo em delivery e fast food estão contaminadas, aponta pesquisa

De acordo com uma pesquisa, realizada em Campinas (SP), do Centro Universitário UniMetrocamp Wyden, 90% das amostras de saladas analisadas continham algum tipo de bactéria. As mais encontradas são micro-organismos causadores de infecções intestinais, pulmonares e, até mesmo, faringite. O cientista de alimentos Renato Pires fala quais são principais bactérias encontradas nesse tipo de alimento e quais os riscos que elas trazem para saúde.

Veja também:
• Mito ou verdade: embrulhar frutas no jornal acelera amadurecimento? Veja resposta
• Crohn e retocolite ulcerativa: saiba causas e tratamentos

Assista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *