Pessoas com quem convivemos afetam nossa forma de ver o mundo, diz neuropsicóloga

Você sabia que as pessoas com as quais convivemos influenciam na maneira de vermos o mundo? Pois é, elas ajudam nesse processo, mas é preciso ficar atento. As influências podem ser boas ou não. A neuropsicóloga Carolina Carvalhais explica como saber o que é bom para si mesmo.

Veja também:
• Cerca de 65% dos brasileiros dispostos a adotar não querem abrigar irmãos
• Com leite, duplo, expresso, descafeinado: saiba os benefícios do café para saúde

Assista: