Selfies representam 55% das causas de cirurgias de plásticas faciais, revela estudo

Quem diria! De acordo com uma pesquisa realizada pela Academia Americana de Cirurgia Plástica Facial e Reconstrutiva, dos Estados Unidos, 55% das pessoas fizeram procedimentos estéticos no rosto, motivados pela selfie. A psicóloga Simone Felipe e o cirurgião plástico Rodrigo Credidio falam sobre esse dado e os problemas das pessoas que são obcecadas por procedimento cirúrgico.

Veja também:
• Cerca de 62 milhões de vítimas: Brasil ocupa segundo lugar no ranking mundial de crimes cibernéticos
• Perigos online: desafios lançados na internet levam crianças à morte

Assista: