Diagnóstico do câncer de mama no primeiro estágio aumenta em 88% chances de sobrevivência

De acordo com o Hospital Israelita Albert Einstein, o câncer de mama atinge mais de duas milhões de mulheres anualmente só no Brasil. Os principais sintomas da doença são: a aparição de nódulos na mama, uma possível secreção de sangue na região dos mamilos e mudanças no formato do mamilo.

“O ideal é que a gente tenha o acompanhamento médico. É uma doença silenciosa. A mulher não vai sentir dor e nenhum sintoma até que a doença atinja um tamanho significativo”, explica a mastologista Renata Saliba. Dados da clínica de medicina diagnóstica Tomo Center afirmam que se o câncer de mama for descoberto no primeiro estágio, a sobrevida do paciente aumenta em 88%.

Confira:

O câncer de mama pode causar além de problemas físicos, conflitos emocionais. Segundo a psicóloga clínica Sônia Eustáquia Fonseca, mulheres sofrem com transtornos em sua vida afetiva e sexual. A produtividade no trabalho é outro fator que tende a cair vertiginosamente na fase do tratamento.

Confira: