Quanto maior a burocracia, maior a possibilidade de corrupção, diz economista

Em 2017, o brasileiro trabalhou 29 dias para pagar a conta da corrupção no país. O cálculo é do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), com base no resultado do Projeto Lupa nas Compras Públicas. O economista Rogério Teixeira explica que, quanto mais burocrático um sistema for, maior a possibilidade de corrupção.

Assista: