Quase 36% das mulheres se casam antes dos 18 anos, diz pesquisa

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Banco Mundial, o Brasil é o país que mais realiza casamentos precoces. Dados do Fechando a Brecha: Melhorando as Leis de Proteção à Mulher contra a Violência indicam que 36% das mulheres brasileiras se casam antes dos 18 anos. A legislação do país permite que jovens entre 16 e 18 anos se casem, desde que haja autorização judicial dos pais. No caso de menores de 16 anos, o casamento é considerado crime.

“Como é que um casal abaixo de 18 anos vai ter maturidade psiconeurológica e biológica para planejar a formação dessa família? E mais: a manutenção dela. Uma coisa é o que a lei diz, outra é a realidade brasileira. O Brasil não tem em sua legislação como punir menores de 16 anos que venham a se casar, mesmo sendo fora da lei. Não há elementos para resguardar isso e proteger esses adolescentes”, explica a pesquisadora analista em casamento Sara Bernardes.

Sara diz que os jovens necessitam de uma tutoria nessa fase da vida, assim como apoio para se tornarem adultos equilibrados. Para a pesquisadora, somente dessa forma eles terão condições de tomar as decisões corretas. “Nessa fase, o corpo está passando por um turbilhão de ajustes hormonais que precisam ser respeitados”.

“A fase da adolescência é uma fase de fechamento da identidade e de decisões importantes na vida do jovem. É essencial a presença da família na formação dele. Hoje, se fala muito no processo educacional, e o Brasil teve um avanço nessa área, mas a parte familiar teve uma desestruturação. Há uma desconstrução social da família nos últimos anos. O problema não é o casamento ser cedo ou tarde, mas a preparação que esse jovem teve antes dele”, explica o psicólogo Samuel Vermelho.

Confira: