Ansiedade compromete memória, diz neurologista

Que a ansiedade atrapalha, não é novidade. De acordo com o neurologista Rodrigo Vasconcellos Vilela, a ansiedade pode comprometer até memória das pessoas.

“A ansiedade, caracterizada por uma preocupação excessiva na maior parte do tempo, prejudica muito a memória por comprometer a concentração do paciente. A pessoa está sempre preocupada com eventos futuros, não consegue focar no momento presente, e, portanto, não consegue dar atenção devida a algo que ela está fazendo e não consegue prender o conteúdo”, diz Vilela.

Assista: