De Tudo um Pouco

Vídeos

Consumo excessivo de pão pode aumentar em 40% risco de obesidade

O pão é um dos alimentos mais tradicionais da dieta dos brasileiros. Entretanto, seu consumo excessivo pode ser prejudicial à saúde. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Navarra, consumir mais do que dois pães diariamente pode aumentar em 40% o risco de obesidade entre as pessoas.

“O pão é um alimento muito comum na mesa do brasileiro. Seria um bom alimento, se não tivesse passado por tantas mudanças. Nos últimos 50 anos, teve um acréscimo de 400% em relação ao seu glúten. O que faz mal no pão é o glúten. É uma proteína que causas diversas alergias e está relacionada com diversos problemas de saúde”, explica a nutricionista Sandra Carvalho.

• Veja também: Receita de pão sem glúten no liquidificador

Sandra diz que o glúten melhora a elasticidade da massa do pão e permite que ele seja moldado em diversos formatos. Esse é um dos motivos porque as empresas passaram a utilizá-lo em maior quantidade, principalmente em produções de larga escala.

“Ele (o pão) é um alimento que simplesmente promove energia de forma rápida. Ele não tem, hoje, basicamente nenhum nutriente. Como as farinhas são refinadas, se perde muito nutriente, fibras, aumentando o número glicêmico e trazendo doenças como diabetes, obesidade e diversas outras”, afirma a nutricionista.

Confira:

Comentários

:

: