De Tudo um Pouco

Vídeos

Dieta não é ficar sem comer, mas se alimentar com os nutrientes necessários

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o sobrepeso afeta 54% dos brasileiros, sendo que 20% deles estão no quadro dos obesos. Esses índices têm estimulado pessoas a buscarem uma reeducação alimentar. Entretanto, o que nem todos sabem é que existe uma diferença entre reeducação e dieta.

“A reeducação alimentar é você aprender a comer da maneira correta para uma vida toda. Já as dietas servem somente para um período de tempo específico”, explica a nutricionista Fabiana Guerra. Segundo a especialista, antes de iniciar um dos dois processos, é necessário procurar um profissional , pois cada pessoa tem um organismo diferente e, consequentemente, diferentes formas de reeducá-lo.

Algumas pessoas acabam escolhendo outra opção, que é o jejum, mas, segundo Fabiana, há algumas ressalvas. “O jejum é uma forma de dieta eficiente, mas não serve para todo tipo de pessoa. Ele precisa de um acompanhamento nutricional, pois, se mal feito, doenças como diabetes e hipertensão podem aparecer. Cada pessoa e cada organismo suporta um determinado tempo sem comer e isso deve ser respeitado”.

A nutricionista orienta que o melhor a se fazer, em vez de ficar muitas horas sem comer, mas optar por uma refeição balanceada em macronutrientes (carboidrato, proteína e lipídio) e micronutrientes (vitaminas e minerais).

Assista:

Comentários

:

: