Vale a pena estudar em uma escola bilíngue?

Com o mundo globalizado, o estudo de um novo idioma é quase uma necessidade. Empresas, concursos e provas cobram do aluno o domínio de uma nova língua. As escolas de idiomas estão lotadas de alunos buscando o aprendizado do inglês, espanhol, francês… Quanto mais domínio de idiomas, mais preparado está o aluno.

A preocupação dos pais em preparar seus filhos para esse mundo globalizado chegou ao ensino educacional. Entre 2005 e 2007, o número de escolas bilíngues aumentou em 28%. As escolas bilíngues seguem o calendário e currículo exigido pelo Ministério da Educação (MEC). Já nas escolas internacionais, o calendário e currículo seguem o dos países originários.

Muitos pais ficam preocupados, pois a criança pode desenvolver o idioma de um outro país e acabar atrasado no português, ou até mesmo, confundir os idiomas. A professora Simone Frade diz que esse problema acaba com o crescimento da criança. “Não são erros que vão permanecer o resto da vida da criança. Assim que o cognitivo dela for se processando, ela vai fazer essas divisões de língua”, diz Simone.

Assista: