“Mutirão direito a ter pai” realiza cadastros até 30 de setembro em Minas

 

Promovido pela Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais, o “Mutirão direito a ter pai” é uma ação que tem por objetivo garantir a crianças, adolescentes e, eventualmente, a adultos o direito de ter o nome do pai no registro de nascimento. Interessados em exigir o reconhecimento de paternidade podem se cadastrar até o dia 30 de setembro.

O mutirão será realizado no dia 7 de outubro, em Belo Horizonte (MG) e em mais 39 municípios do interior do estado (clique aqui para ver a lista de municípios participantes). Serão realizados, gratuitamente, exames de DNA e reconhecimento extrajudicial de paternidade.

Saiba mais: