“Degradação da camada de ozônio tem diminuído nos últimos anos”, diz professora

A camada de ozônio é uma camada de gás presente ao redor do planeta. Sua localização está entre 20 e 30 quilômetros de altura da crosta terrestre. Segundo a professora de Engenharia Ambiental Juliana Batista, grande parte dos danos causados nessa camada pode comprometer a sobrevivência dos organismos vivos e, consequentemente, dos seres humanos.

Esse processo de degradação da camada de ozônio facilita o aquecimento global, que é um processo de aumento da temperatura média da Terra . Para Juliana, as pessoas estão caminhando para conseguir evitar esses problemas. Alguns aparelhos eletrodomésticos já não enviam mais gases que prejudicam a camada, mas ainda falta uma conscientização dentro das casas.

Assista: