Bate-Papo

Vídeos

Os diferentes ritmos e o dilema da música secular

Convidados do BATE-PAPO falam sobre os diferentes ritmos e estilos nas igrejas e discutem o dilema da música secular: afinal, pode ou não pode ouvir, cantar e tocar música “não gospel”?

Para o pastor e DJ Adelson, do ministério Sétimo Selo, o que faz a diferença em uma música é a intenção com a qual ela é produzida. “Eu vou alcançar quem? Eu vou ganhar quem pra Jesus com esta música?”, questiona.

O cantor, músico e compositor Ramon Goulart traça um paralelo entre a cultura gospel do Brasil e a dos Estados Unidos e defende que o que faz a diferença são as letras das canções. “Nos Estados Unidos não existe esta separação entre música. Musico lá, é músico”, explica. “O si bemol é si bemol em qualquer lugar. Não existe ‘si bemol santo'”, brinca. “Temos que pensar é na letra”.

O pastor e apresentador Jean Carlos complementa: “o artista tem que usar a linguagem dele, o meio que ele recebeu de Deus, pra edificar”.

14 Comentários

  • 06.05.11
    JEFERSON LUIZ RAMOS

    APOIO A OPINIAO DEPENDE DA LETRA DA MUSICA POIS TEM MUSICAS QUE ATACAM JESUS CRISTO E OS CRISTAOS ENTAO NAO ESCUTO MUSICAS DESTRUTIVAS NAO SO EM MEIO AO CRISTAO MAS TAMBEM NA CULTURA MUSICAS SECULARES QUE DESTREM OS VALORES E PRINCIPIOS.

  • 06.05.11

    eu creio q a diferença ta no espirito. o estilo da musica nao interfere.

  • 06.06.11
    wal tozzi

    aff a bíblia diz q de uma fonte não pode jorrar duas fé águas claro nq não podemos generalizar….porém não adianta dizer ah é profissão…davi era musico e nunca li na bíblia q ele tocava pra baal , se há duas “forças” q regem o universo se a musica não exalta ao senhor exalta a quem? e outra prostituição é uma profissão só por isso vou ser uma?
    ai jesus, eu creio q no meu talento eu devo reder a glória a ele por tudo!!!
    a bíblia diz fazei td pra glória de Deus, q glória há nisso? sem falar q a bíblia diz pra não tomarmos a forma deste mundo, então fica a seu critério….paz wal

  • 06.07.11
    Elias

    Com base na definição abaixo da palavra artista, vocês musicos evangélicos se consideram artistas?

    Artista está relacionado à hypócritan que significa se mostrar aos outros uma pessoa que voçê não é. Significa convencer os outros por intermédios de gestos, ações e palavras não verdadeiros

  • 06.07.11
    Elias

    Para o Ramon Goulart.

    Ramon: Os evangélicos sabem muito bem que não se trata de um si bemol “santo” ou não “santo”.

    Não se trata de teoria musical a questão!!

    Procure fundamentar melhor suas opiniões pois o seu comentário foi muito infeliz e extremamente superficial.

    Poderia eu enumerar deversos versiculos baseados na palavra de DEUS sobre discordar da pratica dos musicos evangélicos tocando com bandas seculares!!

  • 06.09.11
    narciso paulino

    graça e paz .eu só queria uma explicação ,eu entendi musico è musico o crente pode tocar em outras banda como expresou nosso amigo nâo tem nota ungida.a minha duvida è segunte,quanto ao vocalista, se emoprega a mesma regra.obrigado

  • 06.10.11
    PAMMELA

    bom eu creio que a musica deve ser para exaltar ao sr, quem não abre mão de trabalhar na area em bandas de musicas seculares certamente n confia na boa vontade do sr e na provisão p vida dele..pois o sr é quem nos da dons e ele usa segundo a vontade dele..ele jamais frustrará um filho que tem um talento q ele mesmo deu..penso que o amado precisa buscar mais o sr p que passe a se guiar pela vontade dele e de sua palavra e não pelo o que “ELE” ACHA Q É CERTO..onde o “EU” domina Deus ainda não esta no controle. sem falar no ambiente de trabalho, obivio que tds nós trabalhamos em ambientes seculares, mas o mundo artistico secular é bem mais pesado espiritualmente e cheio de maus hábitos materialmente falando.

  • 07.15.11
    Fábia Monteiro

    Deus não está a procura de músicos, artistas e shows. Ele está a procura de adoradores, que o adorem em espírito e em verdade. No mundo espiritual não há possibilidade de agradar a dois senhores. Nós fomos chamados para ser o sal da terra e a luz do mundo e não para sermos iguais.

  • 08.09.11
    marcos

    eu acho que o verdadeiro servo do senhor, faz todas as coisas, somente para glorificar a Deus.

  • 09.04.11
    Felipe

    O MAIOR PROBLEMA DESSA DISCUSSÃO É QUE OS SENHORES CONFUNDEM ”LETRA COM MÚSICA”, HOJE EM DIA NÃO SE JULGA A MÚSICA E SIM A LETRA. COMO ALGUÉM PODE DIZER QUE UMA MÚSICA É DO DEMÔNIO SEELA NÃO TEM LETRA. ME VOCÊS QUE DISCRIMINAM A MÚSICA EM DUAS POBRES CATEGORIAS SE O CONCERTO ”IMPERADOR” PARA PIANO E ORQUESTRA DE BEETHOVEN É ”DE DEUS” OU NÃO.

  • 09.23.11

    […] (Clique aqui e veja também: “Os diferentes ritmos e o dilema da música secular“) […]

  • 10.12.11
    claudio

    eu sou um cristãoo e eu vi na tv o padre marcelo cantando a música do lázaro. eu fiquei tão feliz, porque Deus tem um propósito em tudo. quando eu vi não acreditei, eu fique tão feliz, meu coração encheu de alegria.

  • 01.24.12
    Humberto Nunes

    A comparação que se faz com outras profissões, não está coerente, pq a musica é instrumento de ADORAÇÃO, diferente do advogado e do médico ok.
    por isso o cantor cristão tem sim de preocupar-se com o que ministra ao coração das pessoas.

  • 03.07.12

    […] (2 vídeos) Veja também: Os diferentes ritmos e o dilema da música secular […]