O diabo não tem nada

  • 6 comentários
  • Vídeos

Durante muitos anos, a Igreja, por medo de ferir a santidade de Deus, declarou que muitas coisas eram “do diabo”. Com isso, ritmos, danças e várias manifestações artísticas foram marginalizadas pelos cristãos, como se não fizessem parte da criação de Deus.

A questão foi discutida no programa BATE-PAPO. “O diabo não tem nada. Não tem nem a chave da casa dele, porque Jesus tomou as chaves da morte e do inferno das mãos de satanás, quando o despojou na cruz do calvário”, disse a apresentadora Helena Tannure. “A Igreja tem que resgatar todas as facetas artísticas para a honra e glória de Jesus, porque todas as coisas são feitas por Ele, para Ele e por causa dEle”, completou.

Assista: