Bate-Papo

Vídeos

Entenda os direitos e deveres do trabalhador terceirizado

Atualmente, o trabalhador terceirizado não está protegido por nenhum tipo de legislação específica, o que abre brechas para irregularidades e prejudica os empregados. São permitidas apenas terceirizações de atividades chamadas “meio”, que são serviços de portaria, vigilância, telecomunicações e limpeza, ou atividades por tempo inferior a três meses.

O advogado especialista em Direito Trabalhista José Osvaldo da Silva e a coordenadora do curso de Direito da Faculdade Batista, Thais Lacerda, falam sobre os direitos e deveres dos funcionários terceirizados.

Assista:

Artigos Relacionados

  • Nenhum artigo relacionado foi encontrado

Comentários fechados.