Bate-Papo

Vídeos

Comunhão na igreja: vale a pena?

“Naquilo que é essencial, unidade [...] sobretudo, o amor”.

(Agostinho)

Participar de um momento de descontração, de aconselhamento ou de desabafo em que você interage com as pessoas que partilham da mesma fé parece ser algo vindo dos céus. No entanto, medo, decepções e mágoas podem levar muitos a questionar se realmente vale a pena ter um relacionamento de comunhão dentro da igreja. Mas como viver o cristianismo sozinho? A Bíblia é clara:

“É melhor ter companhia do que estar sozinho”.

(Eclesiastes 4:9)

A verdadeira comunhão nasce do compartilhamento de ideias e opiniões. A sensação de acolhimento faz brotar o desejo de se fazer parte do corpo de Cristo. “Se a comunidade da fé for boa, se a comunhão for sadia e se for do Senhor, vale a pena”, expõe o pastor Gerson Freire.

Assista:

Comentários fechados.