Mãe: amor que sobrevive às distâncias

Compart. 0

Basta um olhar pra que a gente entenda. Cada palavra é uma lição. Cada beijo, uma proteção. Isso tudo vem de mãe, aquela mulher sem a qual parece impossível viver. Mas o que fazer quando ela está longe, ou quando se foi pra não voltar mais?

A mãe dos irmãos Philipe Andrade, 12, e Layslla Oliveira, 5, mora nos Estados Unidos enquanto eles vivem com a avó, no Brasil. “Quando eu for viajar pra lá, eu quero comprar um presente pra minha mãe, que eu sinto muita falta. Eu sinto todo dia. Até que me dá vontade de chorar hoje”, se emociona a pequena Layslla, com uma saudade que parece sem fim.

Mas existe uma distância bem maior que os mais de 6 mil quilômetros que separam o Brasil dos Estados Unidos. É a que o missionário Jason Fernandes enfrenta desde os 9 anos, quando perdeu a mãe. “Eu queria que ela estivesse perto”, diz Jason.

Assista à matéria da repórter Vanessa Anício feita em homenagem ao Dia das Mães:

 

Compart. 0