Brincadeira perigosa

Compart. 0

Insultos, apelidos, agressões… Apenas brincadeira? Algumas pessoas não entendem assim.

O bullying, termo inglês que faz referência ao verbo “ameaçar”, é uma prática comum nas escolas. É usado para identificar agressões físicas e psicológicas que provoquem um sentimento de humilhação na vítima.

Muitas vezes interpretado como uma simples brincadeira, principalmente pelo agressor, o bullying pode acarretar problemas psicológicos que, em casos extremos, podem ser irreversíveis.

Exemplo recente, o caso do jovem Wellington Menezes chocou o Brasil e o mundo. No último dia 7, ele entrou armado em uma escola de Realengo, no Rio de Janeiro, onde matou 12 adolescentes. Após atirar contra as vítimas, ele se matou.

Uma das hipóteses para explicar o ataque avalia a possibilidade de Wellington ter sido vítima de bullying naquela escola ainda na infância.

O episódio trouxe à tona uma reflexão antiga: a partir de quando a brincadeira de criança torna-se uma ameaça?

Assista à reportagem de Vanessa Anício:

Compart. 0