“Ser pastor é pegar o cara sujo, limpá-lo e reintegrá-lo a sociedade”, defende DJ Adelson

A repórter Vanessa Anício conversa com o pastor e DJ Adelson Raposo a respeito dos desafios e conquistas nos 10 anos de “Culto do Gueto”. Utilizando o funk, o rap, o hip-hop e outros estilos musicais como instrumentos para divulgar a palavra de Deus, o ministério consegue agregar diversas tribos. O culto acontece todas as segundas-feiras, a partir das 19h30mim, no Espaço Canaã, na Igreja Batista da Lagoinha.

Assista: