“Foi o dedo de Deus”, diz vocalista sobre formação da banda Verdadeiro Motivo

O cantor André Santos e o baterista Lucas Daniel tocavam juntos em projeto que durou cerca de 10 anos. Depois de uma grande pausa, os músicos se reencontraram em 2015, com o objetivo de retomar as atividades da banda, mas perceberam que era hora de fechar uma gaveta para abrir uma nova oportunidade com um projeto que representasse melhor o estilo musical e a identidade que eles desejavam construir. Foi quando Lukon chamou André para iniciar o projeto e convidou o baixista Eliel Valadres, que trouxe para junto da banda o guitarrista Eliab Andrade. O quarteto se formou e logo perceberam que o projeto era muito maior que apenas a música: era levar, por meio da arte, um ponto de esperança e amor nos dias de chuva e frio da alma. Nascia, então, a banda Verdadeiro Motivo. “Foi o dedo de Deus”, diz André Santos.

Uma das músicas que fazem parte do primeiro EP do grupo, “Esperança”, é “Casa Dois”, que traz uma sonoridade madura, descontraída e marcante. A canção, embalada pela voz suave e firme de André Santos, fala dos encontros e desencontros da vida. A composição anima qualquer ouvinte que seja amante da boa música brasileira, assim como as demais faixas que é possível apreciar no EP, que traz um repertório repleto de histórias e sonhos compartilhados. Com um estilo bem definido pelo rock brasileiro, a banda tem como referências Beto Guedes, Clube da Esquina, João Alexandre, Los Hermanos, Palavra Antiga e Teatro Mágico.

Assista: